Novo

Máis vistas

Bock de cerveja

REF.:9788499953212
11,00€

Dispoñibilidade: Dispoñible

Details:

Partilha de 32 relatos encabeçados por textos introdutórios que acolhem a literatura, a cançom, a filosofia... de autoras e autores que semelham bem conhecidos por Corral e que nom se nos escapam como capitais na sua experiência vital.


O recurso adoptado para todos os relatos do narrador em primeira pessoa aproxima as suas historias, com credibilidade, a vivências que se desenvolvem, nom de forma lineal, senom como produto dum diálogo fictício, traídas “a conto” segundo vam espertando no recordo, desde a sua infância em Monte Alto até o momento presente.


 

Información adicional

Ano 2019
Nº de páxinas 104
ISBN 9788499953212
Autoría Corral Iglesias, José Alberte

Detalles

VISUALIZA UN CAPÍTULO DO LIBRO

Partilha de 32 relatos encabeçados por textos introdutórios que acolhem a literatura, a cançom, a filosofia... de autoras e autores que semelham bem conhecidos por Corral e que nom se nos escapam como capitais na sua experiência vital.

O recurso adoptado para todos os relatos do narrador em primeira pessoa aproxima as suas historias, com credibilidade, a vivências que se desenvolvem, nom de forma lineal, senom como produto dum diálogo fictício, traídas “a conto” segundo vam espertando no recordo, desde a sua infância em Monte Alto até o momento presente.

Som relatos cumha crueza bestial (permitam-nos o qualificativo) que procura, recuperando as “trincheiras” que ocupou ali onde a sua presença se fixo física, e nesta ocasiom desde os campos da literatura, espertar consciências dormidas, chamar à necessária solidariedade de classe para transformar a actual ordem social e económica em beneficio dos mais desfavorecidos... Vamos, o trabalho de Corral de toda a vida!

A rica linguagem empregada, nom só valoriza os seus relatos, também dignifica as suas amigas e amigos, autênticos protagonistas deste “documental em branco e negro” que nom deixa mais espaço que a ironia, a humanidade e o amor sincero como via de escape... porém hai que recordar, ainda que doa... e muito.

Desfrutemos deste “bock de cerveja” que nos regala Corral e brindemos colectivamente polas suas amigas, polos seus amigos, e, como nom, por (e com) ele.

 

Tamén en VERSIÓN DIXITAL en diferentes plataformas.

Armando Requeixo recomenda Bock de cerveja no Diario Cultural.

Alberte Corral fala da súa obra no xornal El Ideal Gallego.

Ramón Nicolás recomenda Bock de cerveja no Caderno da Crítica.